21/06/2020 às 17h39min - Atualizada em 21/06/2020 às 17h39min

El Calafate: Stilo House continua a aventura pela Patagônia Argentina

Colaboração: Marcia Cand

Marcia Cand - STH Redação
 
Dando seguimento a viagem de 4 anos atrás (março de 2016), o grupo “Café com Leite”, formado por 3 paulistas e uma mineira: MarciaCand, Ribeiro Afonso, Juliana Ribeiro, e Tania Mota,  teve como destino  a Patagônia Argentina

A aventura começou por Ushuaia, o ponto mais astral do planeta Terra, e agora o grupo parte para El Calafate, e seus Glaciares, ainda na Argentina.


El Calafate

 Em março as temperaturas são amenas, porém o clima frio predomina. Não dá para descartar o casaco.
No destino EL CALAFATE o foco visitar Geleira Perito Moreno.
O ponto de partida foi do Aeroporto de Ushuaia.
Voando pela Aerolineas Argentinas (https://www.aerolineas.com.ar/pt-br), com tempo estimado de viagem de 1h25min.

 Aeroporto - Aerolineas Argentina

El Calafate: O nome da cidade se deve ao arbusto Berberis microphylla, abundante na região, e que produz um fruto pequeno chamado calafate, com o qual são feitas geléias, doces, licores e sorvetes. Segundo a tradição, quem comer calafate voltará mais vezes.
 
FRUTO EL CALAFATE

Planta Calafate que deu origem ao nome da cidade El Calafate

El Calafate, capital nacional dos Glaciares, é uma cidade da Patagônia Argentina que fica na Província de Santa Cruz, conhecida especialmente por seus imponentes glaciares, com destaque para o Perito Moreno. Com pouco mais de 20 mil habitantes, fica às margens do belíssimo Lago Argentino.
El Calafate é próximo à fronteira com o Chile
As temperaturas são um pouco amenas, cerca de 10-15 graus, mas eventualmente, os fortes ventos diminuem a sensação térmica.


El Calafate

El Calafate surpreende pelas belas e impressionantes paisagens da Patagônia e é a porta de entrada para fascinante Parque Nacional Los Glaciares – declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, possui imponente beleza natural, desenhada por lagos, bosques, montanhas, além da presença de majestosas geleiras como o Glaciar Perito Moreno.
 

Lavanda encontrada com facilidade El Calafate

O Aeroporto Internacional de El Calafate, pequeno e fica há aproximadamente 23 km da cidade.
Para o Transfer do aeroporto ao hotel, na área de desembarque do Aeroporto Internacional de El Calafate há empresas de transfer e táxi para a cidade, sem dificuldade para a contratação. Utilizamos a Vespatagonia (EndereçoAeropuerto Internacional Armando Tola , El CALAFATE, Z9405 El Calafate, Santa Cruz, Argentina).
A nossa hospedagem foi no Hotel  Kelta (https://keltahotelcalafate.com-argentina.com/pt/), de 09 de março a 12 de março de 2016.


 Hotel Kelta
A escolha do hotel leva sempre em pauta o parâmetro binômio custo/benefício, no tocante a nossa locomoção ao centro de El Calafate.
 
A reserva foi gerenciada pela empresa de turismo Delta, localizada na cidade de Taubaté-SP (http://www.deltaturismo.com.br/).
Serviço de traslado: Transporte de para o aeroporto/hotel/aeroporto foi contratado diretamente no aeroporto tanto ida como volta. 
 QUE LEVAR?
El Calafate faz frio o ano inteiro. Então,  gorro, luvas, cachecol, calça térmica, camiseta térmica, casaco corta vento, casaco pesado, filtro solar, óculos escuro, hidratante para rosto, mãos, corpo e lábios, e tênis são itens indispensáveis na sua mala.
No primeiro dia da chegada, optamos por um lanche no Hotel e deixarmos a exploração para o dia seguinte.


 Cerveja Patagônia

EL CALAFATE conta com estrutura para recebimento do visitante: hotéis, restaurantes, lojas. Na avenida San Martín, principal da cidade,  há inúmeras agências para contratação de passeios para contratação de passeios.
Nossa estadia em EL CALAFATE foi de 3 dias.


Rolezinho pela praça de El Calafate

Tempo suficiente para se ter um panorama sobre o local e suas atrações.


Vista de El Calafate e do Lago no seu entardecer

Em El Calafate há diversos passeios ofertados ao turista conforme se anda pelas ruas. Há diversas agências de turismo.
Com a opção de otimizar o tempo e aproveitar o melhor de El Calafate, o foco de nossa aventura foi no seguinte roteiro:
  1. Visita aos Balcões do Glaciar Perito Moreno (https://www.argentina.gob.ar/parquesnacionales): O Glaciar Perito Moreno fica dentro do Parque Nacional los Glaciares e a uma distância de 80 Km de El Calafate.

 Entrada do Parque Perito Moreno

O deslocamento até o Parque Nacional dos Glaciares foi de forma privada. O grupo optou pela contratação de taxi local, que ficou a nossa disposição. A despesa foi dentro do razoável. A despesa de entrada ao parque é por conta do passageiro, em razão das variáveis do valor (estrangeiros, oriundos da América do Sul, Argentino, os habitantes locais).



Nosso passeio em Perito Moreno foi passeio de catamarã e  depois caminhada pelas passarelas, com parada pro  lanche (levado por nós), como aconselhado aos visitantes dos Parque. Quando se está lá não há como pensar em parar para fazer refeição. O lugar é muito lindo.


Chegando em Glaciar Perito Moreno


Sobre as passarelas: as passarelas do Glaciar Perito Moreno possuem diversos ângulos de observação do glaciar.
  As passarelas são muito bem sinalizadas e estruturadas, sendo um passeio bem tranqüilo e acessível à todos.
 
Neste passeio pode-se observar o espetáculo do desprendimento constante de pedaços de gelo sobre as águas do lago e escutar o estrondo que produzem; formando maravilhosos icebergs flutuantes de variadas formas.
 


Subida do Mirante



Preparando pro embarque no Catamarã

Passeio de Catamarã: a bordo de um catamarã é possível  se aproximar um pouco mais da face sul do Glaciar Perito Moreno. O passeio tem duração de aproximadamente uma hora. O Catamarã se aproxima do Glaciar e contorna os pequenos icebergs.


 

Passeio de Catamarã no meio dos Icebergs

No Parque Nacional do Glaciar Perito Moreno há boa infra-estrutura com restaurante e banheiros.
 

Restaurante ao lado do glacial

Glaciar Perito Moreno: é uma Geleira de 5 Km de largura e 60 metros de altura que avança das cordilheiras em direção ao Lago Argentino, terminando com algo em 30 metros de altura, chegando a tocar na Península de Magalhães. Da passarela é possível contemplar uma vista privilegiada de Perito Moreno e o mais emocionante é ouvir os estrondos das placas de gelo se rompendo e caindo no lago.

 Eternizando momentos

 
Mirante para apreciação do Glaciar - auto explicativo



 Vista do mirante los suspiros

A cor do glaciar, em tom azulado, é devido ao fenômeno óptico, formado por  gelo muito compacto, que absorve os espectros da luz branca refletido em azul.
 

 Vista do Glaciar


São Recomendações que vale a pena cumprir a risca:
- Levar lanche (água, frutas, suco, sanduíche). Montamos o nosso lanche, comprando no supermercado próximo ao Hotel, pois são muitas horas visitando o glaciar
 Ir com um casaco quente e impermeável, levar gorro, luvas e óculos de sol.
 

Imponência !


.Perito Moreno em sua plenitude

Assim, foi nosso primeiro dia de longo passeio em Perito Moreno.
       

Uma fé inabalável dessa Mineira!


Marcia Cand  - Amante apaixonada do Turismo
           
No  próximo encontro tem mais aventura em El Calafate! Até a próxima!
 
 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »