18/06/2020 às 12h30min - Atualizada em 18/06/2020 às 12h42min

Empresa lança painel automotivo com Android personalizado e em constante atualização

Polestar mostra grandes avanços e muito mais integrações com a Plataforma Android Automotive na nova geração de carros fabricados pela empresa sueca.

DINO
https://www.mourafacil.com.br/


Alguns dias atrás a Polestar, startup de carros elétricos, anunciou novidades importantes sobre sua próxima geração de veículos e o sistema Android Automotive faz parte da maioria delas. Isso porque, o novo conceito da plataforma aprimorou diversas de suas funcionalidades, principalmente em relação ao aspecto personalizável do aplicativo de acordo com as preferências de cada motorista.

Com foco sustentável e uma filosofia baseada no atendimento das modernas demandas eletrônicas da atualidade, a Polestar conta com o apoio de importantes parceiros como a Volvo e a Geely, conglomerado chinês que hoje é acionista majoritário de marcas de atuação global como a Mercedes-Benz. Enquanto o primeiro modelo lançado, o Polestar 1, é um híbrido de luxo, o Polestar 2 caracteriza-se por ser um fastback completamente elétrico e ambos já foram lançados com a presença do revolucionário Android Automotive.

Nos dois primeiros modelos lançados pela startup, o painel interativo conectado ao sistema Android já contava com Google Maps, Google Play e Assistant que podiam ser controlados por voz no idioma nativo do proprietário do veículo, além das funcionalidades para ajuste dos espelhos, assentos, central de entretenimento e configuração climática no interior do veículo segundo as preferências do condutor.

Para os veículos da nova geração, entretanto, a interface multimídia da Polestar passará a contar com ainda mais funções. A partida por meio da biometria, por exemplo, fará parte do moderno sistema de reconhecimento de digitais, o Polestar Digital Key que, além da partida, vai viabilizar a criação de perfis de uso pré-programados para que o usuário usufrua de opções personalizadas de clima e som logo no primeiro contato com o carro.

Outros pontos de destaque na nova plataforma digital são a interatividade ainda maior com o Google Maps, agregando uma análise topográfica da geografia da pista ao sugerir as melhores rotas e a não menos inovadora presença de sensores que usarão informações do globo ocular do condutor para o gerenciamento do conteúdo exibido na tela principal do automóvel.

São tantas tecnologias embarcadas inéditas e de alta capacidade que os carros da Polestar representam muito bem o patamar atingido pelo setor automotivo em relação à integração da parte mecânica com os novos componentes eletrônicos. O melhor exemplo da agilidade demandada pelas novas configurações digitais pode ser observado na indústria de baterias automotivas, peça que é a principal responsável por garantir a eficiência da parte elétrica dos carros e que é afetada diretamente por cada uma destas novidades.

Referência sul-americana na produção de baterias, a fábrica brasileira de acumuladores de energia, Moura, tem feito parte dessa história de adaptação e crescimento do mercado frente às novas necessidades. A marca brasileira ganhou notoriedade internacional com as baterias EFB, especialmente projetadas para veículos com a tecnologia start-stop e de alta performance.

Além disso, a Moura, em parceria com o ITEMM (Instituto de Tecnologia Edson Mororó Moura), desenvolveu a primeira tecnologia brasileira para os sistemas sustentáveis de armazenamento de energia, as baterias BESS. Não há dúvida de que o único modo de evitar a defasagem industrial é apostar no investimento em pesquisas científicas e nas constantes atualizações estratégicas e metodológicas dos processos produtivos.



Website: https://www.mourafacil.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »