13/07/2022 às 19h20min - Atualizada em 13/07/2022 às 20h00min

6 dicas para andar de moto no inverno

O frio não impede ninguém de andar de moto, mas alguns cuidados são primordiais

SALA DA NOTÍCIA Fala Criativa
Motociclista foto criada por freepik

Há alguns dias a estação mais fria do ano chegou e os brasileiros viram a temperatura despencar. Em algumas regiões, os termômetros chegarão a mínima de 10°C e com o vento, a sensação térmica do motociclista pode ser de 10ºC a menos do que a temperatura ambiente. Imagina como seria nesses casos andar de moto sem a roupa adequada?

 

Para te ajudar a não congelar, selecionamos 6 dicas.

 

Camadas extras

No Brasil é bastante comum, mesmo no inverno, termos oscilações nas temperaturas. Pela manhã pode estar 10~15°C e ao meio-dia beirando os 25°C, então, no lugar de colocar muitas blusas grossas, que podem atrapalhar a movimentação dos seus braços, opte pelas chamadas segunda pele, que geralmente são bastante utilizadas em esportes por isso são leves e não costumam reter suor e mau odor. Existem tanto versões de calças, para serem usadas por baixo do jeans, por exemplo, como blusas. Por cima, uma jaqueta ou um corta-vento são ideias para te manter aquecido. 

 

No caso do corta-vento, ele pode ser facilmente dobrado e guardado sem ocupar muito espaço no baú da motocicleta e, além de te proteger do vento, costuma também ser resistente à água e te protege da chuva fraca 

 

Corta-vento Urban Helmets, do P ao XGG - R$319

 

Proteja as extremidades

As mãos e os pés são fundamentais para pilotar uma moto, no entanto, você não vai conseguir se seus dedos estiverem congelados. Apesar de óbvia, essa dica serve também para te proteger em caso de algum acidente, já que meias, botas e luvas reforçadas também ajudam a reduzir os ferimentos. Use luvas com proteção contra umidade e de preferência grossa, assim como as meias abaixo das botas. Se você for o tipo de pessoa que não gosta de ficar de luvas, existe uma opção para te ajudar, as luvas de guidão, mas elas podem dificultar o seu acesso ao freio. Já se você escolher as luvas, para complementar o starter-pack do motociclista, você pode usar alguns acessórios que são bastante acessíveis e fáceis de encontrar e irão te proteger contra o vento: os protetores de mão e os para-brisas.  

 

Cuidado com a cabeça

Outra parte que costuma tomar muito vento é a nossa cabeça, para evitá-lo use a balaclava ou um capacete fechado. Se quiser aumentar a proteção contra a brisa insistente que entra por qualquer frestinha, invista em bandanas ou protetores de pescoço, encontradas em qualquer loja de artigos esportivos. Se quiser incrementar um pouco de estilo na peça, você pode escolher este modelo da Urban Helmets, que sai por R$69,00. 

Bandana Urban Helmets - R$69

 

Não é muito difícil que a sua viseira embace enquanto você pilota também, por isso é sempre útil comprar uma película antiembaçante ou um impermeabilizador, mas funciona também passar uma fina camada de sabonete ou shampoo infantil e secar com uma toalha macia. Se você tiver sido pego desprevenido, respire apenas pelo nariz para diminuir esse embaçamento. 

 

Se proteja da chuva

É inevitável, uma hora ou outra você acabará pegando chuva no meio do caminho e por mais que uma jaqueta resistente a água te proteja da garoa mais fina, ela não vai dar conta de te manter seco, e aquecido, em uma chuva mais forte, sem contar as pernas que ficarão encharcadas. Por isso, ande sempre com uma capa de chuva para estas ocasiões. Ela também vai servir para um dia que esfriou de repente e você saiu com pouco agasalho de casa. 

 

A moto também precisa de cuidados especiais no inverno

Se você é mais jovem e não pegou a época dos carros com carburador, talvez não tenha tanta noção assim de como os motores têm mais dificuldade para ligar no frio. 

Nas baixas temperaturas, ligue a moto e deixe o motor funcionando por alguns minutos antes de partir e pelos primeiros quilômetros de trajeto também ande com cuidado, enquanto todos os fluidos atingem a temperatura ideal e os pneus se aquecem. 

Outro ponto importante de lembrar é que, apesar de o inverno ter o tempo mais seco, o sereno da noite e a serração que acontece em algumas regiões podem formar uma camada fina de gelo no asfalto, dificultando a aderência da moto e facilitando as derrapagens, então, cuidado redobrado ao sair cedinho.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »