29/06/2021 às 18h34min - Atualizada em 30/06/2021 às 00h00min

Com o patrocínio da Bohemia no valor de meio milhão de reais, AME São João beneficiará artistas do Recife

O prefeito do Recife, João Campos sancionou, nesta terça-feira (29), a lei que institui o auxílio, e contará com aporte de R$ 500 mil da marca de cerveja, chegando a R$ 2,7 milhões em investimento.

SALA DA NOTÍCIA Gabriella Guerra - Agência LK
http://www.agencialk.com
Marcos Pastich
Aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei que institui o Auxílio Municipal Emergencial - AME São João do Recife foi sancionado pelo prefeito João Campos nesta terça-feira (29). A iniciativa ganhou um importante reforço, com a formalização do apoio da Ambev, através da marca Bohemia. A cervejaria fará um aporte de R$ 500 mil, que contemplarão artistas, grupos culturais e quadrilhas, além dos técnicos, incluídos entre os possíveis atendidos. As inscrições começam na próxima quinta-feira (1º).

“A gente hoje faz a sanção da Lei Municipal que cria o Auxílio Municipal Emergencial do São João, uma iniciativa da prefeitura em parceria com a Ambev através da Bohemia que está colaborando com R$ 500 mil desse auxílio. Com isso a gente vai poder garantir R$ 2,7 milhões para a cultura no Recife. Lembrando que são beneficiadas aquelas agremiações, bandas ou os grupos que se apresentaram nos anos de 2018, 2019 e 2020 no São João do Recife, podendo ter um adicional de 20% do valor quando declarado uma equipe técnica”, informou João Campos. 

O prefeito destacou que a ajuda chega em boa hora para esses grupos. “Chega em uma hora importante, quando a gente conclui o Ciclo Junino. Tradicionalmente, todo o Nordeste vive com muita efervescência todo o Ciclo Junino. Hoje, no Dia de São Pedro, a gente faz essa sanção e vai com toda celeridade começar os pagamentos”, garantiu o gestor.

“A Bohemia, a primeira cervejaria do país, está ao lado do Brasileiro há décadas, movendo tradições e valorizando a cultura. Nesse momento de adversidade, não poderíamos fazer diferente. A marca, que neste ano promove diversas ações de São João nas regiões norte, nordeste e centro-oeste, aportará meio milhão de reais no AME, contribuindo para a iniciativa chegar a um total de R$ 2,7 milhões que deverão contemplar mais de 500 beneficiários, entre quadrilhas e atrações artísticas”, comentou o gerente de Relações Institucionais da Cervejaria Ambev, Lucas Baggi. 

O projeto estabelece o valor mínimo de R$ 1,5 mil e máximo de R$ 10 mil para cada benefício pago. Cada proponente que declarar, no ato da inscrição, a existência de equipe técnica de apoio, receberá um acréscimo de 20% sobre o valor do auxílio.

As inscrições serão virtuais, pelo site www.culturarecife.com.br, até o próximo dia 15 de julho. As pessoas com deficiência ou que não puderem realizar a inscrição pela internet têm assegurado o acesso para atendimento presencial no Núcleo de Cultura Cidadã, localizado no Pátio de São Pedro, casa 39. O horário de atendimento deve ser marcado de acordo com as regras sanitárias vigentes, por meio dos telefones: (81) 3224-3674 e (81) 3224-3660.

O AME junino será pago em parcela única, equivalendo a 50% do valor máximo de cachê ou subvenção para cantores e cantoras, grupos culturais e quadrilhas que atuaram na programação oficial do Ciclo Junino do Recife, em uma ou mais edições, nos anos de 2018, 2019 e 2020. Serão levados em consideração os registros dos três anos anteriores, já que o ciclo do ano passado, não foi pleno, o que poderia excluir muitos artistas do cadastro.

O Auxílio Municipal Emergencial - AME São João do Recife, a exemplo do que aconteceu no ciclo carnavalesco, é também fruto do diálogo com a sociedade, em particular com a classe artística, cujas discussões, iniciadas já no início da gestão, têm gerado resultados voltados para a minimização dos efeitos do prolongamento da pandemia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »