25/06/2021 às 13h07min - Atualizada em 26/06/2021 às 16h20min

Checklist dos pneus para rodar com o veículo em dia

Especialista orienta sobre manutenções que podem conferir uma maior conservação dos pneus e a sua funcionalidade.

DINO
https://www.delinte.com.br


Se os pneus não estiverem em bom estado, toda a segurança do veículo pode estar comprometida, afinal, uma de suas principais funções é assegurar a sua dirigibilidade. "Nós orientamos os motoristas a considerar os pneus como itens essenciais no check-up do carro. A recomendação é para que leve regularmente o seu veículo para manutenção com profissionais capacitados e que possam confiar", orienta Júnior Mengarda, gestor de contas da Delinte Pneus, marca presente em mais de 100 países.

O especialista ainda lembra que o descuido com os pneus, além de aumentar o risco de acidentes, pode trazer maiores prejuízos financeiros. "Fazer o checklist regularmente é fundamental para rodar em dia, garantir maior durabilidade dos pneus e segurança para todos que utilizam o carro", ressalta Mengarda.

Inspeções periódicas
A cada 5 mil quilômetros os pneus precisam de inspeção, mas caso tenha ocorrido alguma situação de risco, recomenda-se fazer a inspeção imediatamente após o incidente. A cada troca de pneus é recomendada também a troca das válvulas, pois são submetidas a fortes pressões e se deterioram com o tempo e com a força centrífuga.

A instabilidade do veículo pode estar relacionada aos pneus carecas ou sem calibragem adequada. Quando os sulcos da borracha, que servem de indicativo para saber se os pneus estão carecas, apresentam 1,5 mm de profundidade, os pneus já devem ser descartados, pois essa condição de pneus pode ser considerada direção perigosa. Além do mais, é importantíssimo respeitar as regras de calibragem de cada fabricante. Cada um tem a sua tabela adequada para os pneus, por isso, não se aconselha calibrar os pneus sem essa informação correta. A calibração incorreta pode desgastar os pneus e aumentar o risco de corte. O estepe deve ser o melhor pneu do veículo, pois ele substituirá o pneu danificado. Portanto, é importante também manter o estepe sempre calibrado.

Alinhamento e Balanceamento
Muitas pessoas confundem alinhamento com balanceamento ou vice-versa. O alinhamento adequado permite o desgaste regular dos pneus, melhora a eficiência do rolamento e a dirigibilidade em retas e curvas, evitando que a direção se comprometa. Mas se o volante ou o veículo vibram em determinada velocidade, é hora de checar o balanceamento que garante que a roda gire sem provocar vibrações.

O rodízio dos pneus também ajudará a aumentar a sua durabilidade e o seu desgaste uniforme. O revezamento é recomendado a cada 10 mil quilômetros e existem critérios para sua inversão. Pneus com sobrecarga de 30% têm uma perda média de 40% da sua vida útil, aumenta o consumo de combustível e prejudica a suspensão e a segurança do motorista. "Orientamos que os novos devem sempre ser colocados atrás para oferecer maior condição de segurança. E também, sempre que possível, utilizar a mesma marca", orienta Júnior Mengarda, da Delinte Pneus.



Website: https://www.delinte.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »