14/06/2021 às 15h25min - Atualizada em 14/06/2021 às 17h25min

Covid-19 x cirurgia plástica: médico esclarece dúvidas

SALA DA NOTÍCIA vanessa haddad
divulgaçao
Em tempos de Covid-19, a procura por cirurgias plásticas nos consultórios aumentou consideravelmente. Bastou mais tempo em casa de quarentena para que muitas pessoas começassem a achar imperfeições no próprio corpo que antes passavam despercebidas. Levando em conta o aumento na procura por cirurgias estéticas, o cirurgião plástico Regis Ramos esclareceu algumas dúvidas para os pacientes em relação à realização desses tipos de procedimentos no momento ainda delicado que estamos enfrentando.

“As orientações a respeito dos cuidados com a Covid-19 variam a cada dia. Temos que informar ao paciente que as orientações podem ser modificadas  e atualizadas mesmo dias antes da sua cirurgia”, afirma o especialista, que ainda faz uma recomendação para os pacientes que querem operar e já foram infectados pelo novo coronavírus.

“O recomendado atualmente é programar a cirurgia de acordo com os sintomas surgidos na época da infecção, podendo variar de 4 a 12 semanas após a Covid. Após esse tempo, o paciente precisará realizar consulta clínica onde serão determinados quais os exames necessários para a sua completa avaliação e posterior liberação cirúrgica, que vão desde exames laboratoriais, como um hemograma, a exames de imagem como Tomografias Pulmonares".

Regis Ramos ainda complementa as orientações a quem já teve Covid. “De todo modo, nos dias que antecedem a cirurgia, o paciente deverá fazer um novo exame de PCR (swab nasofaríngeo) para certificar-se de não estar (re)contaminado. Outro cuidado importante é o repouso relativo no pós-operatório, que serve tanto para a sua recuperação quanto para evitar uma possível contaminação”.

Há ainda ressalvas para os pacientes que já se vacinaram contra a doença. “Os pacientes que já foram vacinados também devem informar qual o tipo de vacina que receberam e quando foram vacinados, pois os prazos para uma possível cirurgia também dependem dessas informações”.



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »