31/05/2021 às 17h15min - Atualizada em 01/06/2021 às 00h00min

Cirurgião vascular: quando consultar?

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI

 

Muitas pessoas são acometidas com dores nas pernas, inchaço e sensação de cansaço mesmo sem ter praticado nenhuma atividade física. Tudo isso pode ser sintoma de algo mais grave, como uma doença vascular. Mas será que essa é hora de se consultar com um cirurgião vascular? Afinal, qual o melhor momento para tratar das varizes? 

 

Aqui neste texto vamos tentar responder a grande dúvida de quando se consultar com um cirurgião vascular. 

 

Afinal, no grande pensamento popular, a tendência tradicional brasileira é procurar um médico apenas quando o problema aparece.

 

E como não falar na parcela da população que se auto medica. Já aproveitamos para recomendar aqui: não se automedique! Procure um médico ao sentir os sintomas.

 

Então, antes que as dores nas pernas sejam tão grandes que não consiga mais andar, precisamos dizer que é importante prestar atenção aos sinais que o corpo manda. Continue lendo para descobri-los. 

 

Quando me consultar com um cirurgião vascular? 

Reforçando, não espere algo sério acontecer para ir se consultar com um médico especialista. A palavra que queremos passar aqui é: prevenção. 

 

Se consultar com um cirurgião vascular ou angiologista preventivamente pode ajudar a evitar doenças graves como as doenças vasculares que podem ser fatais se não tratadas corretamente como a trombose venosa, que consiste em coágulos nas paredes dos vasos que podem se desprender e ir para o pulmão, causando uma embolia pulmonar

 

Ou seja, um problema, que é a trombose, mais comum nas pernas, pode acabar migrando para os pulmões. 

 

Já percebeu o tamanho do problema, não é? Por isso estamos aqui para te alertar e te conscientizar sobre essas doenças importantíssimas. 

 

Principais sinais que preciso de um cirurgião vascular

Como estamos falando aqui de prevenção, agora vamos listar alguns fatores de risco que você já pode avaliar, pois são sinais que podem apontar para uma possível doença vascular. E, afinal, quanto mais informação, melhor: 

 
  • histórico de doença vascular na família
  • diabetes
  • colesterol alto
  • fumo
  • obesidade
  • sedentarismo
  • pressão arterial alta
 

Esses são alguns fatores de risco que esperamos que te ajude a identificar se você tem algum deles. Se você já apresenta algum item da lista já é motivo suficiente de ter atenção ao seu corpo. 

 

Está fazendo sentido para você até aqui? Continue a leitura para saber mais sobre os sintomas e sinais de doenças vasculares que precisam da sua atenção. 

 

Sintomas de doenças vasculares

Os principais e comuns sintomas de portar doença vascular são as dores e sensação de cansaço nas pernas e inchaço. 

 

Isto é, tudo que identifica a falta de circulação de sangue, principalmente nas pernas. Isso não quer dizer, claro, que não atinja outras partes do corpo. Braços e pescoço também são acometidos com a falta de circulação. 

 

O surgimento de varizes são facilmente vistos nas pernas e são sintomas bem claros de problemas circulatórios. Assim, podendo ser tratado logo de cara, se consultados por um cirurgião vascular

 

Outros sintomas

 

Aqui alguns sintomas iniciais claros que você mesma pode ver, antes de se consultar com médico: 

 
  1. sensação de queimação nas pernas e pés
  2. rachaduras na pele dos pés e pernas 
  3. mudança na cor da pele, muito devido ao inchaço
  4. dores nas pernas mesmo em repouso
 

 

 

Função do cirurgião vascular

Lembrando claro, que, apesar do nome da função, o cirurgião vascular ou médico vascular, não apenas realiza operações cirúrgicas. Esse é apenas o último recurso e será diagnosticado pelo profissional para cada caso individual. A função de um(a) cirurgião(ã) vascular também é diagnosticar o problema. 

 

Seja ele um problema circulatório, de obstrução nas veias ou artérias. Essa especialidade médica também pode indicar o melhor tratamento para o paciente. Assim, pode haver o acompanhamento pelo médico, mesmo não precisando de uma cirurgia

 

Então calma, nem tudo está perdido e nem precisa ser tão caro. Além disso, o profissional pode indicar ainda o acompanhamento por um angiologista, que é outra especialidade que pode diagnosticar e tratar problemas circulatórios. 

 

Outra coisa que tem que ser levada em conta, é o problema em si. Como assim? 

 

É bom lembrar que estamos falando de doenças em que as causas são a má circulação do sangue nas artérias e veias, nos membros inferiores e superiores, ou seja, nos braços, pernas e também no pescoço. 

 

Se o problema é circulação do sangue no coração, aí a consulta deverá ser com um cardiologista

 

Assim como, problemas relacionados à circulação do sangue no cérebro e aneurismas devem ser tratados por um neurologista

 

Esperamos que esse conteúdo faça sentido para você e possa te ajudar daqui em diante na tomada de decisão, sobre quando se consultar com um cirurgião vascular. 


 



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »