27/05/2021 às 14h52min - Atualizada em 28/05/2021 às 00h00min

Com tecnologia, empresas de comunicação se reinventam durante pandemia e driblam crise

Com o mercado mundial afetado pela pandemia, Prime Arte e Agência Ecco encontraram nas novas tecnologias a chave para a sobrevivência e sucesso

SALA DA NOTÍCIA Samantha Rezende

O mercado mundial foi profundamente afetado pela pandemia, fazendo com que empresas de todos os setores tivessem que se reinventar para driblar a crise instaurada. Com esse cenário, a produtora de conteúdo Prime Arte e a empresa de publicidade, Agência Ecco,  inovaram em seus serviços agregando muito mais credibilidade aos seus clientes.

A Prime Arte mudou seu método de trabalho, combinando audiovisual e tecnologia, e conseguiu crescer em faturamento 65% a mais no primeiro trimestre de 2021 em relação ao mesmo período dos últimos três anos. Em 2020, a empresa começou a investir em plataformas digitais e criou seus dois maiores produtos: a Zapbrand, voltada para os times de marketing e comercial de grandes empresas, que possibilita a autonomia e agilidade aos setores na criação de peças customizadas; e a Zapmusic, primeira plataforma de streaming por assinatura voltada para os profissionais e fãs do violão do Brasil com lançamento previsto para 30 de maio. 

Além das novidades, a Prime Arte adotou um sistema de assinatura com os seus clientes logo no início da pandemia, fechando pacotes customizados semestrais e anuais, fator que ajudou na expansão e em uma maior previsibilidade de crescimento. Desde junho de 2020, a equipe dobrou de tamanho e hoje conta com mais de 50 colaboradores. 

“A tendência é que apareçam mais e mais players no mercado audiovisual, e na luta pela sobrevivência, se destaca a empresa que oferecer um produto inovador, de qualidade e com um preço acessível. É isso que a Prime Arte está fazendo e, por enquanto, está sendo um método eficiente para os negócios. Nossa meta para 2021 é crescer 70% em comparação ao último ano. Vamos continuar investindo na mistura de audiovisual e tecnologia, visando sempre a evolução da empresa e a satisfação dos nossos clientes.”, afirma Leandro Alvarenga, CEO da Prime Arte. 

A sede pela inovação e o crescimento também fez parte da Agência Ecco, que em 2020 ampliou o seu portfólio e investiu no desenvolvimento de filtros para conteúdos no Instagram e Tik Tok. Em apenas 10 meses, os novos serviços foram responsáveis por adicionar 10% ao faturamento anual da agência. “No início de 2020, poucas empresas investiam e até mesmo desconheciam seus benefícios para a marca, por serem ferramentas extremamente novas, com linguagens próprias e sem precedentes”, comenta Isis Vasques, Diretora Executiva da Agência Ecco. 

As novas soluções possibilitaram ampliar o portfólio de serviços contratados por muitos dos próprios clientes da agência, como também abriram portas para a chegada de novos parceiros. Após muito estudo das novas ferramentas, a agência traçou estratégias e desenvolveu conteúdos e campanhas no Tik Tok. Um exemplo de sucesso foi a campanha #CiSMeNota realizada para a CiS - referência em materiais escolares - no Tik Tok, que gerou mais de 2 milhões de visualizações e rendeu 6 mil acessos ao site da marca. 

Já os filtros do Instagram foram essenciais a partir do distanciamento social provocado pela pandemia e ganharam um novo e importante papel: uma alternativa lúdica para o dia a dia das pessoas enquanto continuavam próximos dos clientes, proporcionando uma experiência interessante e relevante. “Essa solução foi uma excelente válvula de escape em um espaço onde é permitido criar. Hoje, mesmo no auge de sua popularidade, a Ecco continua criando para grandes empresas como Nespresso e Prevent Senior”, conclui Vasques.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »