21/05/2021 às 10h51min - Atualizada em 23/05/2021 às 00h00min

Blue abre vagas para curso que ajuda jovens carentes a entrar no mercado de TI

Startup oferece curso de programação pago somente depois que o aluno consegue um emprego

SALA DA NOTÍCIA Laura Enchioglo

A Edtech Blue, que atua como uma escola de Tecnologia da Informação com foco em programação, com a missão de impulsionar a carreira de programadores que possuem vontade e aptidão, está com vagas abertas para seus cursos on-line, voltados, principalmente, à formação de jovens carentes.

O programa de capacitação ofertado pela Blue EdTech financia a formação de pessoas de baixa renda como profissionais da área de programação, preparando-os para atuar com as práticas mais modernas do mercado de TI. O diferencial é que o aluno só começa a pagar o equivalente a 15% do seu salário quando ingressar no mercado e estiver ganhando a partir de R$ 3,5 mil mensais.

O curso, que teve sua primeira turma iniciada em março desse ano, é dividido nas disciplinas de Desenvolvimento de Software (back end, front end, full stack) e Advanced Analytics (engenharia e análise de dados), com 12 meses de duração e valor estimado em R$ 18 mil. Com ele, os alunos estarão aptos a ingressar no mercado de trabalho após seis meses do início da capacitação.

Para ajudar a empregar seus alunos, a Blue mantém parceria com diversas empresas. E aqueles que não possuem recursos para contratar a infraestrutura necessária que o curso exige, como wi-fi ou computador, a edtech também tem parceiros oferecem o que é necessário ao aprendizado à distância.

Ao final do curso, os alunos estarão capacitados para: atuar com as ferramentas, as técnicas, e as linguagens modernas mais utilizadas em TI; desenvolver sistemas, aplicativos, softwares e sites Ao final do curso, os alunos estarão capacitados para: atuar com as ferramentas, as técnicas, e as linguagens modernas mais utilizadas em TI; desenvolver sistemas, aplicativos, softwares e sites; proteger dados e atuar em Segurança da Informação.

Os cursos técnicos têm se tornado uma opção rápida e mais barata para jovens que querem arrumar uma boa colocação no mercado de trabalho. Segundo a Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), 23% dos jovens brasileiros de periferia estão em empregos que não necessitam formação técnica, enquanto a mão de obra capacitada é um dos principais gargalos para o setor de tecnologia. De acordo com os dados da Associação, a perspectiva é de que, até 2024, o setor demande 420 mil novos profissionais.

 

Pré-requisitos para o curso da Blue:

- Ensino fundamental completo

- Ter no mínimo 16 anos completos

- Ter disponibilidade, prioritariamente, para estudar de 2ª a 6ª das 19h às 23h (caso haja a abertura das turmas do matutino e vespertino, divulgaremos as informações durante o processo seletivo)

- Ser aprovado no processo seletivo

- Ter vontade de aprender mais sobre tecnologia e programação

- Gostar de resolver problemas

- Não é preciso ter conhecimento técnico ou inglês

 

Inscrições:

As inscrições podem ser feitas pelo site. https://blueedtech.com.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »