21/05/2021 às 15h01min - Atualizada em 21/05/2021 às 21h40min

Pandemia acelera transformações na mobilidade urbana

Aumento do transporte de cargas, uso de múltiplos modais de deslocamento, forte presença dos deslocamentos casa-trabalho e novidades como crowdshipping, levam empresas a reinventar a mobilidade urbana. Neste contexto, a empresa DNK anuncia parceria com a startup portuguesa Ubirider com objetivo de revolucionar a mobilidade fragmentada do Brasil com uso de tecnologias digitais no mercado B2B.

DINO
https://www.dnkinfotelecom.com.br/
DNK e Ubirider - Mobilidade urbana


A crise da COVID-19 afetou os mais diversos setores e, dentre eles, os de transportes, mobilidade e logística urbana. A pandemia aumentou a demanda por bens e serviços entregues com velocidade e custo acessível na porta do consumidor. 

Neste contexto, a temática da logística urbana tornou-se essencial nas empresas, que buscam maneiras de otimizar suas operações. 

Segundo estudo da empresa de logística Pathfind, o volume de transporte de cargas no perímetro urbano no Brasil teve um aumento de 20% por conta da pandemia da COVID-19. Antes da pandemia, a proporção dos mais de 60 milhões de quilômetros por mês dos clientes era 90% rodoviário e 10% urbano. Com a pandemia, essa proporção mudou para 70% (rodoviário) e 30% (urbano).

Além disso, a questão da mobilidade urbana segue presente nas empresas, visto que os gastos com deslocamentos individuais de funcionários são parte relevante do orçamento empresarial. Segundo levantamento do Instituto Clima e Sociedade (iCS), o ônibus é o principal meio de transporte em todas as regiões brasileiras, com 42% da população utilizando este transporte diariamente.

Junto com isso, a adesão a aplicativos de transporte individual segue em alta no Brasil. Em São Paulo, de acordo com o DataZAP, 63% dos moradores fazem uso de aplicativos de transporte individual e transporte coletivo para ir ao trabalho. De acordo com matéria no portal Terra, 50% das 44 milhões de viagens diárias na região metropolitana de São Paulo são deslocamentos casa-trabalho.

Dessa forma, faz-se necessário que empresas atentem-se às necessidades cada vez mais complexas dos consumidores urbanos. 

Empresas se reinventam e reforçam foco nos consumidores urbanos

Empresas devem repensar as ações de logística e integração dentro da malha urbana, de maneira a permitir que produtos e pessoas se locomovam com maior segurança, rapidez e comodidade. O uso de tecnologia e análise de dados é essencial neste processo, pois auxilia a geração de resultados e garante a melhor experiência ao consumidor. 

“A exigência do consumidor pela conveniência das compras online e da entrega rápida leva as empresas a correrem para satisfazer essa demanda com opções de entrega cada vez mais rápidas, baratas e sustentáveis”, afirma Ântimo Gentile, Diretor Presidente da DNK, empresa especializada em serviços e soluções para call center e contact center.

Uma das novidades do mercado de mobilidade é o crowdshipping, espécie de terceirização coletiva onde voluntários se cadastram para realizar serviços, como entregas, nas plataformas digitais. A inovação resolve as principais tendências em operações de curta distância: mais agilidade e menor preço. Esse tipo de entrega cresce em ritmo acelerado, quando comparado às entregas tradicionais. 

De acordo com o relatório “The Future of the Last Mile Ecosystem”, as entregas de curta distância no Brasil aumentarão 78% até 2030. Além disso, as entregas realizadas no mesmo dia ou instantâneas são as que mais crescem, avançando, em média, 36% e 17%, respectivamente.

Uma das empresas que olha com atenção para a área da mobilidade urbana é a DNK Infotelecom, companhia recentemente anunciou parceria com a Ubirider, startup portuguesa de mobilidade.

A parceria é voltada ao mercado business to business (B2B) e promete acabar com a mobilidade fragmentada do país através de tecnologias digitais, através da plataforma Pick. Trata-se de um conjunto de aplicativos móveis e web que combinam o poder do smartphone e da computação em nuvem, dados em tempo real, Inteligência Artificial, comunicações e pagamentos.

Com a inovação, operadores de transporte em massa serão capazes de gerenciar operações e serviços, como venda e emissão de bilhetes, frotas e motoristas em tempo real. Além disso, segundo a empresa, com os dados coletados e analisados pela Inteligência Artificial da plataforma, os operadores conseguirão ajustar os serviços para melhor se adequarem aos perfis e comportamentos de cada passageiro.

“Escolhemos representar a Ubirider no Brasil pelo aspecto inovador da solução. Com isso, a DNK irá revolucionar o mercado brasileiro de mobilidade e logística urbana. Além de oferecer insights preciosos aos operadores de transporte em massa, a plataforma contribui para elevar a experiência do cliente neste setor, uma vez que é possível compreender o perfil de cada consumidor e adequar os serviços para melhor atendê-los”, comemora Ântimo Gentile.

A plataforma permite ainda que operadores de transporte utilizem o marketplace para vender seus serviços para empresas B2B, explorando, assim, novos segmentos de mercados através do conceito de crowdsourcing e crowdshipping.

“O processo é bem simples, funciona tanto como um front-end para vendas B2B quanto uma oportunidade de emprego para indivíduos prejudicados pela pandemia: o operador de transporte se cadastra no aplicativo Pick Hub e oferta seus serviços de transporte e entrega de mercadorias para empresas”, conclui Gentile. 



Website: https://www.dnkinfotelecom.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »