29/04/2021 às 12h08min - Atualizada em 29/04/2021 às 11h33min

VR46 assina contrato com árabes para disputar as temporadas de 2022-2026

carlos alberto goldani - stilohouse.com.br

Bernie Ecclestone transformou a Fórmula 1 em um mega espetáculo e em uma máquina de fazer dinheiro procedendo de acordo como foi descrito na letra de Milton Nascimento e Fernando Brant em “Nos bailes da vida”, gravado em 1981: “ Todo o artista tem que ir aonde o povo está ”.  

Na visão comercial de Ecclestone não havia lugar para amadores, como eram a maioria dos garagistas (nome  atribuido pelo Comendador Ferrari para as equipes que montavam protótipos, sem no entanto produzirem seus próprios motores). Era necessário atrair os orçamentos das grandes fábricas e levar a competição para onde estavam as grandes fortunas, na crescente indústria dos países asiáticos e nos produtores de petróleo. O próprio Bernie afirmou uma vez que preferia espectadores de mais idade com relógios Rolex no pulso que jovens que não tinham dinheiro para gastar com os produtos dos patrocinadores.
 


Príncipe Abdulaziz bin Abdullah Al Saud e o logo da nova equipe
 

Talvez por causa disso poucos estranharam  a notícia recentemente divulgada pela Tanal Entertainment Sport & Media, a holding que controla os negócios de HRH (Her/His Royal Highness – Sua Alteza real) Príncipe Abdulaziz bin Abdullah Al Saud da Arábia Saudita.   O reino do príncipe controla a maior reserva conhecida de petróleo do mundo. O comunicado da holding anunciando o patrocínio da equipe VR46 para as temporadas de 2022 e seguintes não causou muita surpresa.  Nos esportes motorizados o nome de Valentino Rossi é praticamente um sinônimo de motociclismo esportivo.

A associação da empresa de Valentino Rossi com a Tanal Entertainment Sport & Media em conjunto com parceiros internacionais da Coreia do Sul e Itália desempenha um papel especial na promoção da Saudi Vision 2030, uma estrutura estratégica para reduzir a dependência da Arábia Saudita do petróleo, diversificar a sua economia e desenvolver setores de serviços públicos, como saúde, educação, infraestrutura, recreação e turismo.
 
O patrocínio da Tanal para a VR46 inclui a promoção de outras duas marcas já presentes no mundo dos esportes motorizados: KSA (Kingdom of Saudi Arabia) New Cities e  MAIC Technologies, uma holding saudita, italiana e coreana que desenvolve a implementação de projetos industriais no setor da mobilidade com o objetivo de criar veículos híbridos, elétricos e a hidrogênio, além de um centro de pesquisa e desenvolvimento no setor de materiais compósitos, formados pela união de outros materiais com o objetivo de se obter um produto de maior qualidade. A síntese de materiais compósitos resulta de misturar compostos de naturezas diferentes com o intuito de agregar novas propriedades ao produto final.
 
Valentino Rossi disputou o seu primeiro GP na classe 125cc em 1995, está na sua 26ª temporada, 22ª na classe principal (500cc + MotoGP) e seus resultados desde os 3 vice-campeonatos seguidos de 2014/2015/2016 não apresentam o mesmo brilho. Nesta temporada, sua primeira depois de perder a sua condição de piloto oficial da Yamaha, o campeão italiano está enfrentando muitas dificuldades e se preparando para ser o administrador ou piloto de sua própria equipe.  Já acomodou o piloto Luca Marini na equipe Esponsorama (Ducati) e garantiu apoio para uma equipe completa na MotoGP a partir de 2022.
 


Luca Marini disputa a MotoGP com a equipe Esponsorama, satélite da Ducati
 

“A equipe VR46 estreará no próximo ano na classe MotoGP como parceira da Tanal Entertainment Sport & Media e contando com o patrocínio master da Saudi Aramco para o período 2022-2026", menciona um comunicado de imprensa divulgado pela Tanal Entertainment Sport & Media. Exclusivamente para fins de ilustração foram apresentados grafismos de uma máquina VR46 com logotipos da marca Aramco, o chassi utilizado foi o de uma Yamaha YZR M1.
 
Este ano a Yamaha, além do salário de Valentino Rossi, fornece equipamentos para a Sepang Petronas, equipe que apresentou excelentes resultados nas temporadas de 2019 e 2020.Nenhum acordo foi anunciado oficialmente com a bem-sucedida equipe malaia para 2022, embora haja notícias que as negociações de renovação estão em estágio avançado. Não apenas as M1 estão disponíveis no mercado para equipar a VR46, Aprilia e Suzuki já admitiram a possibilidade de operar com equipes satélites em um futuro próximo, enquanto a Esponsorama pode ceder espaço para a VR46 que, neste caso, poderia utilizar a motorização Ducati.
 
O acordo Aramco-VR46 inclui a continuação na Moto2, a marca saudita substitui efetivamente a Sky Italia nas motos VR46.
 
O contrato de Rossi com a Sepang Petronas é apenas para esta temporada, o que abre um amplo leque de possibilidades para o piloto sobre seus planos futuros.
 
O próprio Rossi ainda não decidiu se vai correr em 2022, o nove vezes campeão mundial pode considerar a estreia da equipe VR46 MotoGP ao lado de seu meio irmão mais novo (Marini), ou assumir a gestão da equipe e buscar uma das estrelas formadas em sua Academia e atualmente disputando a Moto2 para segundo piloto.
 

O comunicado de imprensa divulgado pela Tanal Entertainment Sport & Media é o seguinte:
 
A Tanal Entertainment Sport & Media, holding do príncipe Abdulaziz bin Abdullah Al Saud, tem o prazer de anunciar um importante acordo estratégico com a Equipe VR46, empresa de Valentino Rossi, para o futuro próximo da Moto GP.
 
Em 2022, a Equipe VR46 estreará na principal classe do motociclismo esportivo (MotoGP) juntamente com a Tanal Entertainment Sport & Media, tendo como patrocinador principal a Saudi Aramco em acordo válido para o período 2022 a 2026, A nova Equipe ARAMCO Racing VR46 será apoiada por outros patrocinadores importantes do cenário mundial. A Saudi Aramco, que já esteve envolvida no automobilismo, inclusive na F-1, entrará, portanto, no Campeonato Mundial de MotoGP através da Equipe VR46.
 
Uma ampla parceria entre a Tanal Entertainment Sport & Media e a Equipe VR46, que visa endereçar os principais projetos desenvolvido após o contrato de patrocínio anterior para a temporada esportiva de 2021 com seus parceiros.
 
Estratégias e visão compartilhadas, síntese de objetivos de compartilhamento mútuo, levaram à ampliar essa parceria ao assinar este importante acordo de cinco anos: uma extensa joint-venture entre a Tanal Entertainment Sport & Media e a Equipe VR46, que também inclui a ativação e gestão da comunicação.
 
Além da tradicional promoção comercial através da atividade da Equipe VR46, uma estratégia de comunicação será voltada para a promoção dos programas relacionados ao projeto Visão Saudita 2030.
 
Com base na Visão 2030, a Tanal Entertainment Sport & Media apresentará os novos cenários da vida futura que serão criados na Arábia Saudita, começando por infraestruturas esportivas e de entretenimento para o público em geral, até envolver grandes projetos urbanos em nome da sustentabilidade tendo em mente a vocação verde que caracteriza a marca KSA New Cities.
 
KSA New Cities é a marca que promove projetos majestosos de novas cidades da Arábia Saudita que incluem NEOM e Najima The Fantastic City. Projeto desenvolvido com o apoio da equipe coreana KMHG e a contribuição criativa de arquitetos italianos e sauditas. Novas cidades que envolverão o esporte na vanguarda com diferentes formas de entretenimento, como a criação de pista de corrida para jovens pilotos e novas competições.
 
Uma comunicação dedicada aos diversos projetos e  também em apoio a programas industriais internacionais no mundo do motosport, motociclismo e automobilismo, desenvolvida por Sua Alteza Real Príncipe Abdulaziz bin Abdullah Al Saud em conjunto com a MAIC Technologies.
 
Patrocinador da equipe VR46 e da equipe Bardahl VR46 Riders Academy, MAIC Technologies visa desenvolver e incrementar a produção de veículos rodoviários na Arábia Saudita. Além disso, a MAIC Technologies produzirá o primeiro protótipo de uma motocicleta off-road de tração nas quatro rodas com propulsão híbrida, térmica e elétrica, em conjunto com vários parceiros da indústria automotiva.

A joint-venture com a EQUIPE VR46 confirma suas intenções de levar o projeto esportivo para a classe MotoGP a partir de 2022, mantendo sua presença na classe Moto2. A Equipe VR46 mais uma vez demonstra seu compromisso e capacidade em promover novos talentos mostrando seu horizonte ambicioso.
 

Luca Marini (Esponsorama)  & Valentino Rossi (Sepang Petronas)
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »