03/04/2021 às 19h28min - Atualizada em 03/04/2021 às 19h08min

Albert Park

Carlos Alberto Goldani - stilohouse.com.br
Albert Park é um circuito adaptado em ruas abertas ao tráfego em um parque da cidade de Melbourne, capital do estado de Vitória na Austrália. Faz parte do calendário regular da F1desde 1996, quando substituiu o circuito de Adelaide.

Alinhada com os objetivos dos administradores do Mundial de Fórmula 1 em transformar os GPs em espetáculos para os (tele) espectadores, proporcionando maiores disputas e mais ultrapassagens, a administração do Circuito de Albert Park, em Melbourne – Austrália, está realizando mudanças no layout as a pista. As alterações contemplam os requisitos de segurança para garantir a integridade dos pilotos e pessoal envolvido na realização das provas.
 


 Novo layout do traçado de Albert Park
 
 
As alterações mais significativas estão sendo realizadas no traçado das curvas 9 e 10 com a remoção da chicane, que permite uma nova zona de DRS (Sistema de Redução de Arrasto ou Drag Reduction System, em tupiniquim, “abrir a asa”) mais longa, e o consequente aumento da velocidade de entrada nas curvas 11 e 12.
A curva 13 está sendo redesenhada e recebe uma inclinação (camber) para oportunizar a ultrapassagem na zona de frenagem.

Diversas curvas estão em processo de ampliação, sempre com o objetivo de criar condições de ultrapassagem, a Curva 1 terá a largura aumentada em 2,5 metros, a Curva 3 por 4 metros e a Curva 6 será de 7,5 metros de largura. A curva 15 está sendo ampliada em 3,5 metros e sua inclinação, a exemplo da curva 5, será reajustada. Os trabalhos começaram em fevereiro e a conclusão prevista para julho (o GP da Austrália está marcado para novembro.

A administração do circuito projeta a redução de tempos por volta de até 5 segundos e consequente aumento da velocidade média por volta em 15km/h. Outras obras de apoio, como mudanças no pit lane e para acomodação do público já foram finalizadas e o recapeamento total da pista está previsto para a próxima temporada.

O GP da Austrália em 2020 não foi realizado devido à crise sanitária causada pela pandemia da Covid 19. Na prova realizada em 2019, o pole foi o britânico Lewis Hamilton com um Mercedes V6 híbrido e o vencedor foi seu colega de equipe o finlandês Valtteri Bottas. O maior vencedor da prova da Austrália é o alemão Michael Schumacher, que recebeu a bandeira quadriculada em 4 oportunidades. A bandeira brasileira já tremulou no lugar mais alto do pódio em 3 ocasiões, com Ayrton Senna em 1991 e 1993 e com Nelson Piquet em 1990 (GPs foram disputados no circuito de Adelaide).

As alterações em Albert Park já estão adequadas para as mudanças de especificação dos carros de Fórmula 1 em 2022. Embora o objetivo final seja produzir melhores espetáculos e corridas mais emocionantes, as reformas em andamento também endereçam as instalações do entorno para uso da comunidade.

O recorde por voltas de um circuito é o melhor tempo registrado em um GP. Deve ser realizado durante a prova, não nos treinos ou na qualificação. Os tempos obtidos fora de uma disputa oficial são conhecidos por recorde do circuito. O recorde por volta de Albert Park pertence (ainda) a Michael Schumacher, com 226,934 km/h.



Michael Schumacher - Maior número de vitórias e recordista por volta em Albert Park
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »