11/02/2021 às 18h25min - Atualizada em 11/02/2021 às 18h17min

Marc Márquez & Honda

Carlos Alberto Goldani - stilohouse.com.br
Não há segredo do excelente relacionamento entre a equipe Honda e Marc Márquez, desde que patrocinou a sua participação na MotoGP em 2013. Notícias divulgadas pela AS.COM indicam que não procedem as informações da imprensa francesa que a fábrica nipônica estaria desgostosa com as atitudes intempestivas do piloto desde a sua lesão na primeira prova da temporada de 2020, que já provocaram 3 cirurgias corretivas desde 19 de julho do ano passado.

Caso não bastasse toda a glória esportiva que o espanhol proporcionou para a fábrica desde a sua estreia em 2013, 6 títulos da classe principal, 56 vitórias, 29 segundo lugares e 10 terceiros, Márquez recusou receber o salário de 2020 porque não participou de nenhuma das provas na temporada, por consequência a Honda teve o seu primeiro ano sem vitórias dede 1981.


Marc Márquez

Sem dúvida, uma atitude raramente vista no mundo do esporte. A Honda apreciou e ao mesmo tempo recusou a oferta, explicando que se há alguém que justifica seu salário todos os dias que é Marc Márquez e poucos merecem  o que ele ganha. O oito vezes campeão mundial, aos títulos da classe principal se juntam os títulos de 125cc (2010) e Moto2 (2012), está prestes a completar 28 anos (17 de fevereiro) e atualmente está trabalhando duro para se recuperar da fratura no braço. Até que a recuperação esteja completa, ele não vai voltar a pilotar uma RC213V,que deve ser sua moto pelo menos até 2024.Em sua última renovação com a Honda ele assinou um contrato de quatro temporadas que entra em vigor este ano.

Marc Márquez voltou a vestir o macacão de corridas e participou nesta terça-feira, com seu novo parceiro Pol Espargaró, de uma sessão de fotos para a apresentação da Repsol Honda. Os repórteres que cobriram o evento confirmam que o piloto está animado em estar no rumo certo para estar presente na primeira corrida do Catar (28 de março). Nos próximos dias ele passará um novo exame médico no Hospital Ruber em Madri que deve confirmar sua recuperação e o liberar para exercícios físicos, sua perda de massa muscular nos últimos meses foi intensa.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »